A situação de emergência e confinamento em que fomos colocados a causa do COVID -19 faz mais presente do que nunca que crianças, adolescentes e jovens devem ser parte de um ambiente seguro e protetor.

Hoje, as equipes de atendimento direto às famílias participantes de Aldeias Infantis SOS em toda a região da América Latina e Caribe estão dando o melhor de si. Para acompanhar a missão de sustento que eles têm, compartilhamos uma série de pautas de autocuidado e recomendações de intervenção, com a voz de Pepa Horno, psicóloga e consultora da Espirales Consultora Infantil.

QUAL É O SEU PAPEL?

SOU REFERENTE DE CUIDADO
SOU FAMÍLIA PARTICIPANTE

SOU REFERENTE DE CUIDADO

Autocuidado para poder cuidar en el contexto de la emergencia sanitaria

Autocuidado para poder cuidar no contexto da emergência sanitária.

Start
¿Cómo brindar seguridad desde la afectividad consciente?: La afectividad

Como oferecer segurança a partir da afetividade consciente?

Parte 1: A afetividade

Start
¿Cómo brindar seguridad desde la afectividad consciente?: Educar desde la vivencia

Como oferecer segurança a partir da afetividade consciente?

Parte 2: Educar a partir da vivencia

Start

SOU FAMÍLIA PARTICIPANTE

Autocuidado para poder cuidar a nuestros hijos e hijas en el contexto de la emergencia sanitaria

Autocuidado para poder cuidar dos nossos filhos no contexto da emergência sanitária.

Start
¿Cómo sostener la esperanza? - Promoviendo la seguridad

Como sustentar a esperança?

Parte 1: Promovendo a segurança

Start
¿Cómo sostener la esperanza? - Sostener y acompañar

Como sustentar a esperança?

Parte 2: Sustentar e acompanhar

Start